Menu Principal
Início
Busca
Links
Fale conosco
Shopping
Recomende este site
Linke-nos

Categorias
Acessórios para veículos
Animais
Brinquedos
Câmeras digitais
Casa e Decoração
Celulares e Telefonia
Eletrodomésticos
Eletrônicos, Áudio e Vídeo
Esportes
Filmadoras
Impressoras
Informática
Instrumentos musicais
Monitores LCD
Notebooks
Perfumes
Televisores e Projetores
Veículos
Serviços
Sugerir um produto
Torne-se um editor
Cartilha do Comprador
Como escolher um produto
Fórum de discussões
Blog
Comunidade no Orkut
Assine nosso Feed
Trocar Links
Login
Registre-se para poder avaliar e comentar





Esqueceu sua senha?
Sem conta? Crie uma
feed image
Procurar no site

Procurando um produto ?
NÃO ENCONTROU ? FAÇA UMA BUSCA AQUI
Veículos Veículos Volkswagen

Volkswagen

VolkswagenA Chegada ao Brasil
50 anos de Brasil. Mais de 13 milhões de veículos.
A marca Volkswagen tem no Brasil um dos principais mercados do Grupo Volkswagen (o primeiro é a Alemanha) e suas vendas representam 9,5% do total do grupo em todo o mundo.

A Chegada ao Brasil
Em 1949, pesquisas feitas no mercado latino-americano indicaram o Brasil como o melhor lugar para receber a primeira fábrica da marca fora da Alemanha. Em 23 de março de 1953, em um pequeno armazém alugado no bairro do Ipiranga, em São Paulo, nascia a Volkswagen do Brasil. De lá saíram os primeiros Fuscas, com peças importadas da Alemanha e montados por apenas 12 empregados. Entre 1953 e 1957, foram montados 2.820 veículos (2.268 Fuscas Sedan 1.200cc e 552 Kombi). 
 
Os planos da VW ganharam novo impulso quando, em junho de 1956, o governo brasileiro criou condições para instalar no Brasil a indústria automobilística, fixando as bases para o rápido desenvolvimento do setor. No mesmo ano, a Volkswagen decidiu construir sua fábrica em São Bernardo do Campo (SP). Já em 2 de setembro de 1957, produzia a Kombi, o primeiro VW fabricado no Brasil, com 50% de suas peças e componentes produzidos no País.

Lançado em 3 de janeiro de 1959, o Fusca rapidamente tornou-se sucesso de mercado (o Brasil produziu e vendeu 3,3 milhões de Fuscas), numa época dominada pelos grandes automóveis importados. A empresa iniciou um profundo trabalho de desenvolvimento de fornecedores e, em fins de 1961, o índice de nacionalização do Fusca e da Kombi já era de 95%.

O fim da Autolatina coincidiu com a abertura da economia, em 1994. O aquecimento do mercado interno apontou uma necessidade das duas marcas competirem em todos os segmentos do mercado, com produtos individualizados.
 
Fábrica de Resende
Dois anos depois da separação, com investimentos em torno de US$ 780 milhões, a Volkswagen inaugurou duas fábricas no Brasil e uma na Argentina. Em novembro de 1995, foi inaugurado o Centro Industrial General Pacheco, na Argentina, e um ano depois, em novembro de 1996, a Fábrica de Caminhões, em Resende (RJ), e a Fábrica de Motores, de São Carlos (SP), ampliada meses depois para produzir motores para o Golf e o Audi A3.

Em janeiro de 1999, com investimentos de R$ 1,2 bilhão, a empresa inaugurou a fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná. 

Ainda em 1996, comemorou 12 milhões de veículos fabricados e vendidos no Brasil e no exterior. Em março de 2000, a VW atingiu a marca de 13 milhões de veículos produzidos e vendidos na Fábrica da Volkswagen e da Audi em São José dos Pinhais.

Ao longo de quase 50 anos no Brasil, a Volkswagen sempre procurou a evolução tecnológica e o aprimoramento de seus produtos. Seu Departamento de Engenharia e Desenvolvimento do Produto reúne aproximadamente 1.500 engenheiros, designers e especialistas capazes de projetar e produzir automóveis de aceitação mundial. Na Engenharia, fica instalada o Centro de Impactos Veiculares, onde foram submetidos a crash-test todos os veículos da marca fabricados no Brasil. 

Atualmente, com 28 mil empregados, a Volkswagen está entre as maiores empresas privadas brasileiras e entre as maiores empregadoras do país. Em janeiro de 1999, por causa da crise econômica, a empresa assinou um novo acordo com os Sindicatos dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e de Taubaté para evitar demissões, reduzindo a jornada semanal para quatro dias e, conseqüentemente, nos salários anuais.

O acordo preservou cerca de 7.000 empregos nas fábricas. A capacidade para produção é, em média, de 3.200 veículos e 2.850 motores, diariamente, em suas cinco fábricas no Brasil, incluindo a de São José dos Pinhais, onde a capacidade de produção é de 550 unidades/dia do Golf e Audi A3. 

Em 2002, a Volkswagen entra numa nova fase de sua produção, com a inauguração da Fábrica Nova Anchieta, uma das mais modernas do mundo. Localizada na cidade de São Bernardo do Campo, a fábrica passou por uma reformulação completa para dar início à produção do Novo Polo. A linha de produção foi equipada com 400 novos robôs e é totalmente informatizada.

Em março de 2003, comemora 50 anos de Brasil, com o lançamento do Gol Total Flex, o primeiro automóvel bicombustível do país.

Em 2004, foi a vez do lançamento do Fox, uma das maiores revoluções do mercado automotivo de todos os tempos. E neste ano (2005) foi a vez do CrossFox, a versão esportiva do Fox, que vem conquistando cada vez mais espaço em seu segmento.

Em 2005 também foi lançada a quarta geração do Gol, o Gol G4, com novo face-lift e ainda mais potente. 

Confira outros dados atuais sobre a Volkswagen:
É a 6ª maior empresa em operação no País e a 4ª maior de capital privado, segundo o ranking "Melhores e Maiores 2005" (faturamento de US$ 6,889 bilhões);
3ª empresa que mais paga salários no País atrás, apenas de 2 estatais (US$ 512,9 milhões);
É a 11ª maior empresa empregadora do País (24.389 empregados);
7ª empresa que mais paga impostos no País (US$1,3 bilhão);
Maior fabricante de veículos do País: 682.912 unidades produzidas em 2004;
Maior operação do Grupo VW fora da Alemanha;
Única montadora a operar no País com cinco fábricas;
5ª maior exportadora do País, apresenta o maior superávit do setor: US$ 1,1 bilhão em 2004;
Foi a primeira montadora do país a utilizar freios ABS;
Foi a primeira montadora a ter um centro técnico de "crash-tests" no País, na década de 70;
Foi a pioneira na utilização de injeção eletrônica de combustível nos veículos;
Primeira a estabelecer um acordo histórico de flexibilização da jornada de trabalho, visando a preservação de empregos (1998);
Única montadora que mantém há 33 anos um programa de prevenção e tratamento da dependência química;
Pioneira no lançamento de um programa de atendimento aos portadores HIV positivo - o Aids Care, premiado pela ONU;
Única montadora que mantém há 32 anos um centro de educação profissional que já formou mais de 6 mil jovens (parceria com o Senai);
Em 52 anos, a Volkswagen já produziu 15 milhões de veículos no Brasil.

Site da empresa: http://www.vw.com.br

Ordem   Busca avançada

Título: Acessos:
Nota do editor: 
 4.6
20 de Abril de 2008
VW Fox 1.6
Espaço interno generoso para a categoria, carro repleto de soluções práticas de comodidade, posição mais alta dos bancos para facilitar a visão, enfim, quase uma minivan entre os hatches pequenos. ...
781
Nota do editor: 
 4.8
09 de Abril de 2008
VW Gol 1.0
Use sem dó.Nenhum outro carro se firmou como um ícone tão marcante da vida brasileira quanto o Gol. Líder absoluto do mercado nacional há 20 anos consecutivos, com mais de ...
828
Nota do editor: 
 4.8
30 de Maio de 2008
VW New Beetle 2.0
O visual retrô inspirado no velho fusca, construído sobre a platarforma do Golf, agora com todas as características de um carro moderno é oferecido também com câmbio Tiptronic e excelente ...
797
Resultados 1 - 3 de 3 << Início < Anterior 1 Próximo > Fim >>



Dicas Rápidas
Animais
Automóveis e Motos
Câmeras Digitais
Celulares
Eletrônicos
Eletrodomésticos
Games
Impressoras
Música
Notebooks
Vestuário e Acessórios
Shopping ADC
Shopping Carros
Google

 
 Seitenanfang